É possível fazer RG em SP sem pagar?

poupatempo agendamentoPerder o seu RG, pode ser uma grande dor de cabeça e prejuízo já que, além de ter de realizar um boletim de ocorrência para registrar a perda é necessário desembolsar um alto valor para emitir a segunda via.

Mas, para quem mora no estado de São Paulo é possível sim fazer a segunda via do seu documento RG sem pagar no Poupa Tempo.

Confira então abaixo as regras para se conseguir emitir a segunda, como a primeira via do RG sem pagar nada por isso.

Como tirar o RG no estado de SP

O RG, Registro Geral, é considerado o documento mais importante de identificação de uma pessoa.

É com ele, que é possível tirar outros documentos básicos como a CNH (Carteira Nacional de Habilitação) e CTPS (Carteira de Trabalho e Previdência Social), por exemplo.

A emissão deste documento é feita para pessoas que nasceram e foram registrados no Brasil e filhos de pais brasileiros nascidos no exterior, (desde que conste o termo “brasileiro nato” na certidão).

Saiba que não existe uma idade mínima para tirar o RG, o documento pode ser solicitado a qualquer momento, até mesmo se a criança ainda for um bebê.

Para quem vive no estado de São Paulo, é possível retirar a primeira via do documento gratuita no poupatempo agendamento, basta levar os seguintes documentos:

  • certidão de nascimento,
  • certidão de casamento
  • foto 3×4

Emissão da segunda via gratuita

Agora se no seu caso é a emissão da segunda via, confira abaixo os casos em que esta pode ser retirada gratuitamente.

  • Furto
  • Roubo
  • Pobres perante a lei
  • Desempregados há mais de 3 meses.
  • Homens acima de 65 anos.
  • Mulheres acima de 60 anos.
  • Caso haja algum erro de digitação no RG.

No caso de roubo ou furto do seu RG, além dos documentos necessários para a emissão do mesmo, será preciso levar o boletim de ocorrência que comprove este caso.

Já, no caso para os declarados pobres perante a lei, a pessoa precisará assinar um termo de pobreza que declarará sua situação, este termo pode ser solicitado no posto do Cidadão.

Desempregados há mais de 3 meses sem registro, devem levar a carteira de trabalho original para provar a sua atual situação.

Para homens e mulheres acima dos 65 e 60 anos, respectivamente, irão provar sua condição com a certidão de nascimento.

Os cidadãos que possuem um erro de digitação no documento e que desejam a correção, devem se apresentar em um prazo de até 90 dias após a emissão do documento com erro.

Casos em que há necessidade de pagamento da taxa

Saiba, se você não se encaixa em nenhuma das condições citadas acima, ou se o seu RG foi perdido, extraviado, deseja uma atualização da foto, nome ou sobrenome, ou porque o documento está danificado você terá sim a necessidade de pagar uma taxa referente à emissão da segunda via deste.

Esta taxa no Estado de São Paulo, emitida pelo Poupa Tempo custa R$ 37,61 e pode ser paga ali mesmo, sem a necessidade de ir a um banco ou casa lotérica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *